fbpx
blog

04 Erros que os dentistas mais cometem na hora do passar o orçamento

Por 9 de novembro de 2018 Sem comentários

Sabemos o quanto é importante passar um orçamento corretamente ao cliente para que ambos os lados saiam satisfeitos.  E para isso acontecer da forma correta, convidamos Alex Martiniano, do Altera Marketing e Saúde, que vai nos trazer algumas dicas importantes sobre este assunto.  Leia esse artigo com atenção, ou veja o vídeo abaixo e saiba como evitar os principais erros na hora de passar um orçamento.

1. Priorizar as características do seu procedimento ao invés dos benefícios

É muito comum, a pessoa que entende muito sobre o serviço transmitir ao paciente alguns detalhes muito teóricos e técnicos, mas, para te ajudar a não cometer erros na hora de passar o orçamento podemos afirmar que é muito importante que você evite isso.

Comece priorizando algumas características do seu produto ou serviço, enaltecendo-o para que o cliente sinta que o serviço oferecido terá um impacto positivo em seu dia a dia.

Ou seja, esse é o momento que você tem para persuadir e conquistar seu cliente e você só vai conseguir isso, mostrando a ele o quanto o seu produto ou serviço acrescentará em sua vida. Ressalte o quanto a realização do procedimento pode fazê-lo se sentir melhor, essa é a chave para conquistar o seu cliente.

 

2. Não saber identificar o desejo do cliente

Muitas vezes, quando sabemos tecnicamente sobre o assunto, acabamos julgando e concluindo precipitadamente o que o paciente quer e isso é um erro muito comum e que precisa ser evitado. É importante tomar cuidado com isso, porque muitas vezes você pode ressaltar algum ponto que o cliente nem estava considerando, criando uma objeção e até mesmo uma situação desfavorável para você

Então, a dica aqui é: pergunte mais ao seu cliente sobre o que ele deseja antes de você oferecer o seu produto ou serviço. Descubra o que o torna mais feliz e satisfeito, e só depois ofereça o que você tem de melhor a ele.

 

3. Não questionar as expectativas do cliente diante do atendimento

É importante que você saiba diferenciar a necessidade e o desejo do seu cliente porque somente dessa forma você conseguirá convencê-lo a realizar o procedimento.

Por isso, vale a pena ressaltar que na odontologia a demanda é sempre puxada para o lado negativo, ou seja, nem sempre o seu cliente chega em seu consultório sabendo o que realmente quer. Então, é importante que você mostre que aquilo vai beneficiá-lo e vai agregar muito, tornando o seu serviço uma experiência de vida.

Lembre-se sempre de entender a necessidade do seu paciente, deixe que ele fale e explique tudo o que espera e com isso você conseguirá explorar transformando essa necessidade em um real desejo.

 

4. Não ter um local adequado para fazer um orçamento

É comum ver profissionais fazendo orçamentos em lugares não muito adequados, como na própria cadeira cirúrgica ou na recepção e sabemos que nem sempre há um espaço para dedicar somente a orçamentos. Mas, nesses casos, é importante encontrar uma saída e usar a criatividade para poder passar a precificação do seu produto ou serviço.

Aqui, faço uma pergunta refletir: Porque não passar esse orçamento na recepção? Onde você vai ter outros pacientes aguardando para atendimento?

A resposta é bastante simples, ao passar isso na frente de outras pessoas pode causar certa confusão àqueles que estão aguardando em relação ao seu produto e serviço. O mesmo acontece quando você passa um orçamento para o seu cliente na sala clinica, enquanto ele está ali deitado na cadeira odontológica.

É muito importante, que você tenha um local reservado com uma mesa e duas cadeiras para que possa ser passado corretamente os detalhes do orçamento. Esse é um momento de negociação, e é muito importante que você o deixe confortável para agregar valor ao seu serviço.

 

Agora você já sabe, né? Passar um orçamento não é tão simples assim e ele pode fazer toda a diferença na hora de agregar valor ao seu serviço.

 

Espero que tenhamos te ajudado, nos vemos no próximo post!

 

Artigo escrito por Alex Martiniano, do Altera Marketing e Saúde.

Deixe seu comentário